Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Últimos momentos a três

batizado_vasco-594.jpg

 Estamos a poucos dias de uma grande viragem na nossa vida: o momento em que a nossa família vai passar de 3 para 4 elementos.

Se nos primeiros tempos de gravidez esse momento parecia muito distante, agora já não há como ignorar: as coisas vão mesmo passar a ser diferentes por aqui...

Até agora o Vasco foi filho único, e como tal tinha 300% da nossa atenção e disponibilidade.

Sabemos, contudo, que com a chegada do Xavier, onde antes havia um colo sempre disponível, vai passar a haver um colo partilhado.

O amor vai multiplicar-se, mas há muitas coisas que vão passar a ser divididas. Tenho medo que me faltem mãos, braços, tempo, paciência, disponibilidade...

Todos os amigos que já têm dois filhos nos dizem que as coisas mudam muito. E é por isso que, contrariamente àquilo que me é recomendado (descanso, descanso, descanso...) temos passado os últimos dias numa roda viva! 

É uma espécie de despedida... Há quem faça despedidas de solteiro, nós andamos a fazer a "despedida do triângulo".

Apesar do cansaço e do calor escaldante, faço um esforço (hérculeo, deixem-me que vos diga) para manter algumas rotinas. Continuo a ir levar e buscar Vasco à escola, a levar Vasco ao parque, a fazer programas divertidos com ele.

Já fomos algumas vezes à praia, outras vezes à piscina...

Festas de aniversário, jantares de convívio? Estamos numa fase em que "vamos a todas", ah ah.

Só tenho medo de entrar em trabalho de parto num desses momentos de diversão.

Mas com a vida que levamos ultimamente... é bem provável acontecer...

 

Sigam-me também em

1 comentário

Comentar post