Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Agosto 15, 2019

O Triângulo Perfeito

Cansados, mas cheios de memórias felizes para recordar. Com um baú a abarrotar de experiências, corpos mais bronzeados e já com saudades dos banhos de piscina e de mar.

Chegámos ao norte que nos recebeu ventoso e frio, só para lembrar que aqui a vida continua igual.

Chegámos ao lar já conhecido, aos velhos móveis, aos brinquedos que ficaram esquecidos. 
Demos um afago à gata que também passou férias de nós e andou a reinar pela casa toda como imperadora de um território imenso.

Agrademos mentalmente à Luísa, que nos tratou do bichinho durante estes dias (thanks, miga!), ignorámos as malas por desfazer e fomos matar saudades de cada divisão desta casa que fizemos nossa.

Xavier dormiu finalmente uma noite santa, e não tivemos que ir passeá-lo às 6 da manhã. Vasco quis ficar a dormir em casa da avó e abraçou-se a ela como se não a visse há um mês.

Os adultos ficariam muito mais tempo no longínquo Algarve, mas os filhos enviam sinais de que aqui é que pertencemos.

Resta-nos concordar e iniciar sem stress a vida normal. 
Hoje o sol desenhou-se tímido na janela do meu quarto, mostrando que não vale a penas ficar nostálgica. Aqui no Minho também há dias de luz.

As viagens não são feitas apenas de idas, mas também de regressos. 
E nós chegamos ao nosso destino.

IMG_2858.JPG

 

 

Março 31, 2019

O Triângulo Perfeito

Eu juro que tentei manter-me à margem da polémica da Zippy.

Prometi a mim mesma que nem uma palavrinha, nem um postsinho iria escrever sobre esse "não-assunto"!

Mas depois... mas depois lembrei-me de algo. E esse "algo" fantástico e maravilhoso nunca mais me saiu da cabeça... por isso tenho que partilhar aqui com bochêses!

 

Então qual foi a associação mental maravilhosa que aqui esta cabecinha fez?

 

Basicamente, estava a pensar em Zippy, em roupa sem género, em raparigas de calças, homens de saias...

Homens de saias? Homens de saias? Pronto, foi aqui que eu parei.

Lembrei-me subitamente daqueles anúncios antigos do whisky William Lawson´s em que aparecem aqueles escoceses de saias. Sempre bem dispostos e prontos para a diversão...OMG!! :))

Sim... podem crucificar-me... sei que o assunto da roupa genderless é coisa séria para muita gente, mas eu quando penso em roupa genderless não penso na Zippy, nã senhora.

Penso em escoceses... E penso...penso...

Acho que estou a precisar de um whisky. Estou a ficar com a garganta seca :)

 

 

Janeiro 24, 2019

O Triângulo Perfeito

O Vasco gostava muito daquela espreguiçadeira e o Xavier também fez bom uso dela.

Os meuis filhotes adoravam estar na posição semi-vertical e... eu adorava o facto de a espreguiçadeira me dar um pouco mais de liberdade.

Aproveitava aqueles momentos para cozinhar, fazer as lides da casa ou simplesmente tomar banho.

Quantos duches tomei com a espreguiçadeira dentro do WC, do lado de fora do poliban!... Era a única forma de conseguir fazer a minha higiene descansada 

No dia em que o Vasco deixou de usar a espreguiçadeira, não me importei.
Guardei-a para mais tarde voltar a desempacotar, porque sempre soube que teria mais um filho.

Mas hoje é diferente... o mano mais novo já não usa a espreguiçadeira e estou a desmonta-la para levar para a arrecadação, com um sentimento de nostalgia.

Dificilmente, haverão mais bebés nesta casa. 
Já me sinto tão esgotada com dois que não sei se terei coragem de "ir ao terceiro".

Por isso, muito provavelmente, foi hoje o último dia útil da espreguiçadeira.

A minha sala está mais organizada, tem menos um objeto a estorvar. Devia sentir-me feliz e aliviada, não é?

E sinto. Mas sinto-me um pouco triste... queixo-me tanto, mas adoro a fase em que eles são bebés...

Aqui há tempos senti o mesmo quando vendi a banheira do Xavier. O mesmo baque no coração...

À medida que os objetos para uso infantil vão abandonando esta casa... a ideia de um terceiro rebento vão ganhando asas também. Como se cada objeto a menos significasse um passo atrás na ideia de aumentar a família.

Adeus espreguiçadeira que desta tanto jeitaço!! Adeus...

Hum... adeus ou até breve? 

IMG_0831.JPG

 

Sigam-me também em

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D