Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Agosto 20, 2017

O Triângulo Perfeito

Segundo li agora numa publicação, a Câmara de Lisboa já está a colocar barreiras anti terrorismo nas ruas.

Acho bem. Mais vale prevenir do que remediar. 

Mas ao mesmo tempo, não posso deixar de me entristecer.

Chegamos a isto!

Chegamos ao ponto de ter que antecipar o ataque, colocando pilares de betão nos sítios onde as carrinhas poderão atropelar alguém. Chegamos ao ponto de ter que prever, onde, quando, e como vão "eles" atacar...

Anyway... tristezas à parte, espero que o Porto e outras cidades sigam o exemplo de Lisboa. Há muitas avenidas nestes país. 

 

Agosto 17, 2017

O Triângulo Perfeito

Madrid... Paris... Bruxelas... Estocolmo... Londres. Uma a uma, e sem qualquer piedade, as capitais da Europa vão sendo manchadas pelo terrorismo.

 

Hoje não foi uma capital, mas uma cidade grande e emblemática (vai dar ao mesmo) onde vivem e passeiam diariamente milhões de pessoas. Dizer que estou triste é pouco. 

 

No meio disto tudo, é impossível não pensar... por muito que se tente evitar o dramatismo... chegará a vez de Portugal?!

 

Este é o pensamento, que é tão mau, tão mau, que até nos custa colocar por palavras. Não vá dar-se o caso de as palavras atrairem atos, e os atos atrairem ainda mais dor. Este é o pensamento que paira nas nossas mentes, mas que nem sequer queremos verbalizar. 

 

Tenho medo, confesso! Tenho cada vez mais medo de passear numa marginal movimentada, de ir a um teatro apinhado de gente, de ver um concerto no meio da multidão. 

 

E quando penso em viajar... tenho medo de escolher um destino trágico. Medo que venha por aí fora uma carrinha e que me leve. Ou que leve as pessoas que mais amo. 

 

Há uma sombra a abater-se na Europa. Para além das mortes, das perdas, da dor, temos uma semente muito zangada e muito má a crescer no nosso terreno.  Uma semente resistente e que está cheia de vontade de germinar. 

 

É semente do medo. 

Sigam-me também em

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D