Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

A vida de uma família perfeitamente normal

O Triângulo Perfeito

A vida de uma família perfeitamente normal

19.03.21

E que tal o regresso à escola dos miúdos?

Ana
Por aqui, um bocado bipolar. Vasco está a adorar, até porque tinha imensas saudades do melhor amigo. Xavier todos os dias diz que não quer ir.Tenho ido buscá-los a escola mais cedo que o normal, para o "choque"não ser tão grande e muitas vezes vimos para casa a pé, atravessando a nossa cidade.Demoramos quase uma hora a fazer um percurso que de carro se faz em 7 minutos, mas acho que eles precisam destes momentos de liberdade.Quanto a mim, sinto-me mais leve e com mais tempo para as (...)
02.09.19

Primeiro dia de aulas

Ana
Miúdos na escola, tomo pela primeira vez em 15 dias um pequeno almoço descansada. Sem ter que interromper para mudar cocós, separar brigas de irmãos, dar colo, limpar sujidade do chão... Mãe também precisa de férias. E é bom que a sociedade perceba que somos mães... não somos mártires nem candidatas a santas.😀 Vasco foi para a escola entusiasmado, sobretudo porque este ano mudou para uma sala nova. Estava ao rubro! Ao Xavier custou mais e chorou um pouco mas sei que tudo (...)
14.09.18

Um mês de setembro atípico

Ana
Para mim, setembro foi sempre um mês de recomeços. Quando era estudante, este mês era sinónimo de regresso às aulas. Como toda a gente, eu adorava as férias do verão. Mas também ficava super entusiasmada com o início da escola.    Relembrando a minha infância, havia um ritual que eu adorava cumprir no mês de setembro. Sabem qual era? Era uma coisa simples, mas muito especial: a minha mãe levava-me à papelaria para comprarmos as duas o material escolar. Eu adorava (...)
11.09.17

Recomeços

Ana
Setembro é o mês do regresso à escola. Regressa a mãe, que é professora e regressa o bebé, ao infantário. Cabe ao pai a tarefa de gerir um pouco a ansiedade dos outros dois, já que este é um mês de muitas (demasiadas) novidades que nem sempre são digeridas da melhor maneira.  Do regresso da mãe, posso dizer que foi um pouco mais atribulado que o costume. Em vez de ficar colocada na primeira "ronda" de resultados, desta vez só fiquei colocada na segunda fornada.  A semana (...)