Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Janeiro 24, 2019

O Triângulo Perfeito

O Vasco gostava muito daquela espreguiçadeira e o Xavier também fez bom uso dela.

Os meuis filhotes adoravam estar na posição semi-vertical e... eu adorava o facto de a espreguiçadeira me dar um pouco mais de liberdade.

Aproveitava aqueles momentos para cozinhar, fazer as lides da casa ou simplesmente tomar banho.

Quantos duches tomei com a espreguiçadeira dentro do WC, do lado de fora do poliban!... Era a única forma de conseguir fazer a minha higiene descansada 

No dia em que o Vasco deixou de usar a espreguiçadeira, não me importei.
Guardei-a para mais tarde voltar a desempacotar, porque sempre soube que teria mais um filho.

Mas hoje é diferente... o mano mais novo já não usa a espreguiçadeira e estou a desmonta-la para levar para a arrecadação, com um sentimento de nostalgia.

Dificilmente, haverão mais bebés nesta casa. 
Já me sinto tão esgotada com dois que não sei se terei coragem de "ir ao terceiro".

Por isso, muito provavelmente, foi hoje o último dia útil da espreguiçadeira.

A minha sala está mais organizada, tem menos um objeto a estorvar. Devia sentir-me feliz e aliviada, não é?

E sinto. Mas sinto-me um pouco triste... queixo-me tanto, mas adoro a fase em que eles são bebés...

Aqui há tempos senti o mesmo quando vendi a banheira do Xavier. O mesmo baque no coração...

À medida que os objetos para uso infantil vão abandonando esta casa... a ideia de um terceiro rebento vão ganhando asas também. Como se cada objeto a menos significasse um passo atrás na ideia de aumentar a família.

Adeus espreguiçadeira que desta tanto jeitaço!! Adeus...

Hum... adeus ou até breve? 

IMG_0831.JPG

 

Julho 01, 2018

O Triângulo Perfeito

guimaraes4.jpg

 

Nasci em Guimarães e tenho cada vez mais orgulho na minha cidade. Tem ótimos acessos, gente simpática e um centro histórico muito animado, isto só para dar algumas referências!

 

Ontem resolvemos dar um passeio pelas ruas da cidade.

 

Apesar de já estar a sentir algumas dores (yeiiii) e caimbras nas pernas que me faziam parar de 30 em 30 segundos, foi uma experiência muito agradável.

 

Claro que não podia faltar a parte gastronómica. Na pastelaria do costume, deliciámo-nos com uns docinhos típicos aqui da terra. 

 

Mas se há coisas que neste momento me cativa nesta cidade, é a quantidade de lojas direcionadas para bebés...

Num curto passeio de 10 minutos, vi (muitas na mesma rua!) quase 12 lojas de roupinha de criança! É muita tentação junta...

 

Apesar de já ter tudo prontinho, não fui capaz de resistir e ainda comprei mais uma fatiota para o Xavier. Faz coleção com uma manta que me tinham oferecido há uns tempos. 

 

Quem não achou muita piada foi o vértice masculino.

Cada vez que avistávamos uma loja de bebés... ficava com uma cara apreensiva e agarrava-se com força à carteira, tentando "defender" o seu cartão de crédito.

 

Ah ah! 

Tem calma maridão, que não tarde nada o Xavier sai cá para fora. E no hospital não há lojas... :))

 

 

Sigam-me também em

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D