Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Agora safa-te desta, mãe

Março 29, 2019

O Triângulo Perfeito

Como Vasco ainda não tem grande noção da duração dos meses e das estações do ano, costumo usar a árvore em frente a nossa casa para o ajudar nesse processo. Acho que já tinha falado disso, aqui. 

Na semana passada, e como ele me estava sempre a perguntar quando é que começavamos a ir para a praia, repeti o método usado no Natal. Disse-lhe:

- Olha, está a ver aquela árvore que está ali em frente e que não tem folhas nenhumas? 

- Sim...

- Pronto. Quando essa árvore se encher de folhas, é porque chegou o verão. 

- Ai é?

- Sim! E nessa altura.... serão horas de irmos para a praia, yeiii!!

- E como é que a árvore sabe que são horas? Onde está o relógio?

- Qual relógio?

- O relógio da árvore que diz as horas.

- A árvore não diz as horas. Nós é que vamos olhar para a árvore e perceber que chegou o verão, logo... está na hora de irmos para a praia. Porque ela nessa altura a árvore vai estar cheia de folhas. Ao contrário de agora que não tem folhas nenhumas.

- Mas se vai estar cheia de folhas, não se vai ver o relógio!... (cara preocupada)

- As árvores não têm um relógio, Vasco... é uma maneira de dizer...

- Hum... 

 

É de mim, ou desta vez o "método da árvore" saiu-me ao lado? :)

DISSERAM QUE O NATAL TINHA CHEGADO À CIDADE

Dezembro 04, 2018

O Triângulo Perfeito

Que havia luzes de mil cores.
E que as ruas estavam enfeitadas.
E que havia um carrossel. E meninos a brincar.

Mas naquele quarto não havia Natal.
Só luzes fluorescentes
E paredes brancas
E um menino a chorar para fora.
E uns pais a gemer para dentro.
E dor. Muita dor. A toda a hora, a toda a hora.

 

Disseram que o Natal tinha chegado à cidade.
E havia balões e pipocas e algodão doce.
E um circo. E as ruas cheias de gente.
E havia música pelo ar.

Mas ali não havia natal.
Só agulhas e seringas. 
E remédios para tudo.
E um circo de médicos. E o corredor frio.
E o silêncio mudo. 
A toda a hora, a toda a hora.

 

Disseram que o Natal tinha chegado à cidade.
Que havia um homem a fazer Ho, Ho, Ho!
E um combóio pequenino
e um ringue para patinar.

Mas ali não havia Natal.
Só um menino a dizer "Dói, Doi".
Sem dormir e sem comer.
E os pais cansados sem saber
o que fazer.

 

Mas de repente tudo mudou.
O remédio fez efeito, a dor passou.
Acabou-se o choro, descansaram os pais.
Tirou-se a agulha, acabaram os ais.

O menino deixou de agarrar a barriga
e com olhos brilhantes... sorriu!
Iluminou-se aquele quarto de hospital.

 

E foi nesse sorriso e nesse instante 
que para aquela família
o mundo se iluminou.
E finalmente (oh, e finalmente!) se fez Natal...

 thumb_menino-na-cama-do-hospital.jpg

 

Está na altura de desenfrascar os sonhos

Novembro 16, 2018

O Triângulo Perfeito

transferir (4).jpg

 

De dois em dois anos, as celebrações do natal (consoada + dia de natal) são feitas em minha casa, o que me dá um prazer enorme. Adoro organizar festas!

Tento sempre encontrar um jogo ou situação engraçada para nos entretermos. Em 2016, por exemplo, decidi criar uma "caixa de sonhos"

Basicamente, cada elemento da família tinha que escrever num papel quais eram os seus desejos/ambições para 2018 (ou seja para dali a dois anos, quando o natal voltasse a ser em minha casa).

Todos aderiram com estusiasmo. Assim que toda a gente escreveu o que mais desejava, os papéis foram dobrados e colocados nuns frasquinhos muito giros que eu comprei (cada sonho no seu frasco).

Finalmente, arrumei tudo dentro de uma caixinha fofa que selei com fita adesiva e guardei na minha arrecadação. Os sonhos ficaram na sombra até agora...

A caixinha esteve estes últimos dois anos a ganhar teias de aranha, mas como este ano o natal é novamente cá em casa... tcharammm! Está chegar a altura de desenfrascarmos os sonhos!

Espero que se crie um momento bonito, no dia de natal, com a brincadeira do "desenfrascanço".

Pela parte que me toca, eu já sei que o meu sonho não se concretizou (ou terá sido concretizado? Depois conto-vos...).

Espero que os restantes elementos da família tenham tido sorte... :)

Estou a contar que este ano haja mais desejos para enfrascar.

Que ninguém desista nunca de sonhar!

A saga do Bacalhau

Dezembro 26, 2017

O Triângulo Perfeito

Toda a gente sabe que o bacalhau é o rei das festividades de natal. Pelo menos, na minha terra onde é servido como prato principal na noite de consoada. 

A questão é que na minha família o dito peixe não se come apenas naquela data. Por conta de várias circunstâncias, feitos os cálculos, cheguei à conclusão que nesta época natalícia comemos bacalhau... 5 vezes!

Portanto--- tudo começa no almoço do dia 24...

Até podíamos comer algo diferente, já que à noite vai ser bacalhau cozido. 

Mas não. Começa logo aí a saga do bacalhau :)

Nesse almoço, a minha sogra  faz um maravilhoso bacalhau na brasa com batatinhas cozidas, muito azeite, alho e cebola... Tão bom!!!

Muito honestamente, de todos os bacalhaus que ainda vou comer nos dias seguintes, este é o que eu mais gosto. Sabe-me pela vida :))

bacalhau.jpg

 

Na noite de consoada, temos o típico bacalhau cozido com couves, batatas e cenoura. Não é das minhas receitas favoritas de bacalhau, mas não sei porquê, neste dia especial parece que me sabe melhor. 

E como com gosto!

bacalhau-consoada2.jpg

No dia seguinte, que é o dia de natal, come-se novamente bacalhau cá em casa.

Com as sobras de bacalhau, couves e batatas do dia anterior, desfazemos tudo e faz-se uma espécie de açorda minhota, à qual chamamos "roupa velha". 

Adooooro!

Roupa-velha-forno04.jpg

E pronto. a saga do bacalhau podia terminar aqui, não é?

Mas não. Na noite do dia 25 não se come bacalhau (uma exceção à regra), mas...

No dia 31 de dezembro, a família reune-se para celebrar a passagem de ano comendo.... Tcharammmm... Bacalhau cozido!! Ah, ah.

E no dia 6 de janeiro (Dia de Reis) voltamos a juntar-nos todos à volta da mesa para conviver e "bacalhoar" outra vez! 

Portanto, como devem imaginar, eu termino estas festividades com cara de bacalhau. 

A minha sorte é que gosto imenso deste peixe.

Coitados é dos que não vão muito à bola com ele. Têm que o comer 5 vezes no espaço de 15 dias! :))

Beijinhos pessoal e boas festas para todos! 

Já sabem- se quiserem comer bacalhau, podem bater à porta de minha casa! :)

O que é que os vossos pediram ao Pai Natal?

Dezembro 21, 2017

O Triângulo Perfeito

O Vasco ainda está a assimilar a ideia de que existe um homem de barbas e fato vermelho que desce pela chaminé para lhe dar prendas. 

Acho que na cabeça dele, todo o cenário lhe parece um bocado bizarro. 

Mas quando lhe pergunto o que quer que o Pai Natal lhe traga responde sempre que quer... um carro azul!

E os vossos, o que pediram de prenda este ano? :)

Só (me) liguei para dizer...

Dezembro 29, 2016

O Triângulo Perfeito

 

IMG_1985.JPG

 

... que a iniciativa "prenda solidária" que levei a cabo neste Natal foi SUPER bem recebida por parte dos meus familiares. 

 

Como já referi, este ano decidi aderir à iniciativa Pai Natal Solidário promovida pelos CTT (podes ler a história completa neste post e neste post).

 

No dia de Natal coloquei em cima da mesa uma caixinha destinada à recolha de dinheiro para suportar a prenda que eu comprei. Depois de explicar a todos a envolvência desta iniciativa, as reações não podiam ter sido melhores: recolhi fundos para financiar a prenda deste ano e ainda sobraram alguns euros que ficaram "em caixa" para a prenda solidária do ano que vem :)

 

Como a iniciativa só termina a 6 de janeiro, fizeram-me prometer que para o ano toda a família se iria envolver também na seleção das cartas a apadrinhar. A decisã será tomada no dia de Natal e os presentes comprados na semana seguinte. 

 

Sei que isto é pouco, muito pouco, face às necessidades de tantas crianças não só em Portugal, mas também no resto do mundo. Acredito, contudo, que no futuro ainda vamos fazer mais e melhor. O importante é tentar!

 

0cb2318b52a0ecd513641e67f03c3cb3.jpg

 

Querido... dei um sumiço ao pinheiro

Dezembro 28, 2016

O Triângulo Perfeito

Diálogo passado ontem, algures entre as 8 e as 9 da noite:

 

Ele (regressando a casa do trabalho e deparando-se com a sala de jantar vazia): Ui, que fizeste ao pinheiro? Desapareceu!

Ela: Olha, decidi desfazê-lo. O Natal já passou e não estava a fazer nada na sala.

Ele: O quê?? Desfizeste o pinheiro??

Ela: Sim. É que hoje ainda por cima era o dia da empregada vir limpar a casa e não dava jeito ter ali aquele mono, percebes? Assim ficou mais fácil para ela aspirar o chão

Ele: Desfizeste o pinheiro para a empregada poder limpar a sala? Mas ainda estamos na quadra natalícia! Ainda vêm aí os Reis... 

Ela: Esquece os Reis. Olha para a sala... não ficou mais airosa?

Ele: Vazia, queres tu dizer! Logo tu, que adoras o Natal. E ainda por cima este ano temos o Vasco! Ele gosta tanto do pinheiro...

Ela: O Vasco estava sempre a tirar bolas do pinheiro. Já para não falar das nossas gatas, sempre a comer os ramos. E eu sempre de cócoras a apanhar os despojos da brincadeira deles. Estou farta. 

Ele: Tu não estás bem! Vou buscar o pinheiro e vou montá-lo outra vez!

Ela: Outra vez não, que da primeira vez fui eu que o montei... tu só puseste os atilhos nas bolas!

Ele: E muito fiz eu! Essa era a parte mais difícil. Está decidido, vou já à arrecadação buscar a árvore. 

Ela: Ooooppsss... ah... não podes... deitei fora o pinheiro. Estava velho e gasto. Já não tinha classe para a nossa sala. 

Ele: Velho??? Mas este pinheiro tem para aí seis anos no máximo!

Ela: Pois, mas meu querido, anos de pinheiro é tipo anos de cão, tens que multiplicar sempre por sete. A meu ver o nosso pinheiro já estava muito idoso. Deve ter para aí, ora deixa ver, 6x7...

Ele: Tu picas-te... Coitado do Vasquito... agora já não tem o pinheiro para brincar...

Ela: Brinca para o ano! Para o ano vai ter um pinheiro novo! 

Ele: Nem vou comentar....

Ela: E bolas novas... um comboio à volta... neve artifcial... Mas só para o ano. Que este ano já chega de confusão na sala. A empregada diz que agora está muito melhor.

Natal com Estilo - Decoração da Casa

Dezembro 26, 2016

O Triângulo Perfeito

Olá!

Aqui estou eu de novo, depois da pequena interrupção do Natal!

Como sabem, este ano decidi arriscar e, na noite de consoada decorei a mesa em tons de azul. Deu algum trabalho, mas ficou giro! (na primeira foto faltam os copos... ainda estavam na máquina de lavar, kkkk).

 

IMG_1979.JPG

IMG_1980.JPG

IMG_1981.JPG

 

Por sua vez, no dia de Natal, acabei por regressar às cores tradicionais (vemelho e dourado). O que acham? De qual das decorações gostaram mais?

IMG_2131.JPG

IMG_2133.JPG

IMG_2134.JPG

 

IMG_2127.JPG

O Vasco foi apresentado ao Pai Natal

Dezembro 22, 2016

O Triângulo Perfeito

Hoje foi um dia feliz! O Vasco já está melhor da constipação, permitindo um passeio na nossa cidade que, apesar do frio, está linda e super animada. 

Andámos no carrocel, fomos ver os "meninos grandes" a patinar no gelo, e ainda deu tempo para visitar a casinha do Pai Natal. 

Reguila como sempre, o Vasco não deu grande confiança ao senhor de barba branca, embora ele fosse extremamente simpático.

O balão em forma de cãozinho que o Pai Natal lhe deu... transformou-se rapidamente numa tripa disforme.

Já o balão cor de rosa de tamanho grande... durou cinco minutos até o Vasco encontrar um pau no jardim e o furar. Pum! "Já tá" - disse ele. E levantou as mãozinhas no ar de contentamento. 

Espero que, no próximo ano, o encontro entre o Vasco e o Pai Natal seja um pouco mais... amistoso? :)

 

IMG_20161221_151415.jpg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me também em

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D