Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

A vida de uma família perfeitamente normal

O Triângulo Perfeito

A vida de uma família perfeitamente normal

12.12.19

Como preparar uma criança para a chegada de um mano (ou mana)? 5 estratégias úteis!

Ana
Ontem, no insta, uma seguidora pediu-me conselhos sobre este assunto e dei-me conta que realmente nunca tinha tocado no assunto aqui no blogue. Por isso aqui seguem cinco estratégias que usámos com o Vasco e que tiveram algum sucesso: 1- Falar sempre da chegada do mano como sendo um acontecimento muito positivo. São de evitar aquelas frases amargas como "estás mesmo a precisar de um mano para deixares de ser egoísta ", "quando a tua mana chegar vais aprender a partilhar!" , "estás (...)
08.06.19

Xavier contra-ataca!

Ana
O Vasco adora irmão, mas está sempre a tocar lhe, a beliscar e a tirar lhe os brinquedos da mão. O Xavier vai aguentando tudo com uma paciência estoica mas claro que às vezes também se enerva e passa-se dos carretos.  Normalmente, é o Xavier que chora por causa das tropelias do irmão mais velho. Mas ontem foi diferente... estava no meu quarto e de repente o Vasco vem ter comigo a chorar. - O Xavi mordeu me! - lá foi ele dizendo pelo meio dos soluços. Bem... parece que o mano (...)
27.05.19

Um... e outro

Ana
Um adora tirar fotos. O outro sente que há coisas bem mais divertidas para fazer. Um adora fazer pose. O outro... está-se a marimbar  Um é tranquilo. O outro é um furacão saltitante. Um gosta de música. O outro gosta de correr e saltar. Tão lindos. Tão diferentes. Tão amados. E tão meus! Percebo perfeitamente um e outro. Porque sou uma mistura dos dois.  E amo os dois intensamente, com todas as suas variações.      
25.06.18

Quero que se sintam iguais

Ana
Como filha mais nova, senti muitas vezes que não recebia tanta atenção e que ninguém parava para ouvir o que eu tinha para dizer. Não digo que não seja natural, uma vez que ter um filho é diferente de ter dois. Não sinto mágoa em relação a isso (mentira, sou uma ciumenta do caraças), aceito que é a lei da vida. Porque há coisas que não se podem mudar. As grandes conquistas como por exemplo, aprender a andar, a falar, a escrever, a contar e a dizer coisas engraçadas já (...)
27.12.17

Quando ter um segundo filho?

Ana
Com a chegada do primeiro filho, dá-se início a uma fase de encantamento, agitação, emoções fortes e amor sem limites.  Durante algum tempo (que pode ir de meses a anos) rejeitamos completamente a ideia de ter um segundo bebé. O cansaço, as noites sem dormir e a perceção de que aquele primeiro bebé ainda é tão indefeso são factores que nos fazem afastar durante algum tempo a ideia de lhe dar um irmão.  Algumas pessoas acham que os irmãos devem ser bem espaçados no (...)

Sigam-me também em