Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Estou a ouvir bem?

O Triângulo Perfeito, 11.07.17

Hoje de manhã, por volta das oito horas, comecei a ouvir o V. palrar na sua camita. Muitos risos, boa disposição, sons de saltinhos na cama... enfim, o costume nestas ocasiões. 

 

Vesti-me... calcei-me... e estava prestes a abrir a porta do quarto dele quando começo a ouvir: "A mamã é feia...O papá é feio...". 

O quê?? Não. Não podia ser! Que estava o meu baby a dizer? Apurei o ouvido (apenas e só para confirmar a desgraça):

 

"Mamã...feia..." "Papá...feio"

 

Abri a porta, toda sorridente, tentando disfarçar o choque:

"Olá! Que estás a dizer bebé? Bom dia!!"

Riu-se muito, fez as suas gracitas e repetiu:

 

"Feia, feia, feia... !"

 

Lá fui contornando: "A mamã é bonita, não é? O papá também é bonito, não é?"- dizia eu. 

 

"Feia. Mamã feia. "

 

Como sei que ele adora os avós, experimentei mudar de personagem:

 

"A vovó também é feia? Não, pois não? A vovó é bonita!"

 

Pensou um bocado (leve hesitação), mas logo respondeu:

 

"Feia vovó. Vovó é feia."

 

Bolas! Alguém me diz onde é que aprendeu semelhante "habilidade"??

 

A sorte é que a seguir dei e recebi muitos miminhos. E um abraço que me encheu a alma.

 

Pelo sim, pelo não, acho que hoje vou à cabeleireira.  Não quero ser "feia". 

 

Na terceira pessoa

O Triângulo Perfeito, 10.07.17

 19495647_1560314624009746_2070682968_o.jpg

 

O Vasco reconhece bem o seu nome, mas só há bem pouco tempo começou a dizê-lo. 

É muito engraçado, porque fala sempre de si na terceira pessoa: " O Tato (vasco) quer pêra", "O Tato fecha a porta", etc, etc. 

 

Estive a pesquisar e percebi que isto é muito comum na idade dele (20 meses). 

 

Entretanto, desenvolveu tanto a linguagem que já não consigo fazer uma lista das palavras novas, como tinha feito em posts anteriores. 

 

Outro aspeto em que noto evolução é na construção frásica.

Já ouço o meu bebé dizer frases curtas e com algum sentido. Fico toda contente. 

Ultimamente, anda com a mania do: "Xô, mamã. Xô!"  Aí já não acho tanta graça, eh eh.

(estou a mentir, por acaso acho piada quando ele me enxota tal como eu faço às gatas).

 

Curiosa para saber como vão ser as próximas fases!

Palpita-me que ainda me vou rir muito com este pequenote.