Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

A vida de uma família perfeitamente normal

O Triângulo Perfeito

A vida de uma família perfeitamente normal

27.10.19

As coisas que ele sabe!

Ana
Toda a gente sabe que o Vasco adora shoppings e hipermercados (sai à mãe) e neste momento já sabe o nome de quase todos. No outro dia em conversa : - Vasco vamos aquele hipermercado onde compråmos o ovo de dinossauro. Lembras-te como se chama? - Sim. É o Lec lec! (Leclerc). - Muito bem... e já agora como é que se chama aquele supermercardo ao pé da tua escola? - Pingo doce! - Boa... - E aquele que fica perto da casa onde há insufláveis? - Continente! - Sim senhor. E aquele que (...)
27.10.19

Atividades do Vasco 2019

Ana
Acho que ainda não disse aqui quais as atividades que escolhi para o Vasco este ano. Na escola mantivemos o inglês, a ginástica e a música. Abandonamos o yoga durante um ano. Fora da escola, inscrevemos na natação e no futebol. Cada atividade apenas uma vez por semana. Para o ano gostaria de iniciar o Vasco nas artes. Talvez música a sério ou artrs plásticas. Há uma escola muito boa de artes plásticas na nossa cidade e estou a ponderar. E vocês? Em que inscreveram os filhotes ?  
27.10.19

Amanhecer com doçura

Ana
Nem sempre é possível. Por exemplo, se o irmão mais novo acordar primeiro torna-se impraticável. Mas há uma coisa que o Vasco gosta muito de fazer logo ao acordar... sabem o que é? Gosta de ir para o sofá da sala com o seu peluche favorito e ficar lá deitadinho comigo a receber os primeiros miminhos e festinhas do dia. Os dois deitadinhos com o cobertor por cima a fazer de toca. Muito bom! Reparo que ele fica muito mais bem disposto e tranquilo quando o dia comeca assim. Tenho (...)
01.10.19

Um típico escorpião

Ana
Quando o Vasco nasceu disseram-me para ter cuidado porque os escorpiões são tramados. Mas eu não liguei. Mas a verdade é que com o passar dos anos o Vasco, não deixando de ser dócil vai mostrando o seu ferrão. Ontem ao jantar: ‐ Mamã, brinca comigo aos carros. ‐ Não posso. Estou a comer. ‐ Mas eu já acabei de comer! ‐ Pois...mas eu não. ‐ Come só com o garfo. E seguras o carrinho com a outra mão. ‐Isso não dá jeito nenhum. Como é que eu vou cortar o bife? ‐ (...)
13.09.19

Ver com olhos de VER

Ana
A caminho do infantario, diz-me o Vasco: ‐ Mamã, não vás tão rápido com o carro. ‐Porquê? Não queres ir para a escola? - Não... não é isso. É que eu quero ver as coisas. ‐ Quais coisas? ‐ Os carros, as árvores e as pessoas. Quero ver como é que as pessoas vão vestidas. ‐ Ai sim? - Sim. Quero ver a cor das calças e das camisolas. E como são as sapatilhas. Estás a perceber? - Sim. - Então não andes rápido! Vasco... futuro designer de moda?
06.09.19

Uma situação embaraçosa... (que deu o mote para um lição)

Ana
Ontem à tarde fui buscar o Vasco e o Xavier ao infantário e como ainda era relativamente cedo, fomos todos comer um gelado ao café mais próximo. Estávamos já sentados na esplanada do café quando, sem que nada o fizesse prever, o Vasco começou a arregalar muito os olhos. Com ar surpreso, apontava para uma mesa que estava atrás de mim, dizendo em voz alta: - Preto!! Mamã, olha! Olha uma pessoa preta! Está toda pretinha!! Fez muita praia? Comecei a virar os olhos para a mesa de (...)
28.08.19

Ás vezes temos que mudar de óculos...

Ana
(leiam até ao fim para não formarem julgamentos precipitados) O meu filho mais velho sempre foi uma criança ativa e desembaraçada. Aprendeu a andar com 12 meses, desfraldou sem qualquer problema na altura em que "supostamente" o deveria fazer, e até a chupeta deixou por livre iniciativa... Impecável... Para além disso, o Vasco sempre mostrou um vocabulário excelente, criatividade, rapidez de raciocínio e memória para acontecimentos do dia-a-dia. Isto para não falar das suas (...)
26.07.19

Algures esta semana

Ana
- Mamã, eu gosto muito de ir à feira. Quando é que vamos? - Na nossa cidade é à quarta-feira. Ou seja, é AMANHÃ No dia seguinte: - Mamã, já estamos em amanhã? - Como assim? -Hoje é amanhã? - Não, Vasco! Hoje é... hoje. Buáaaaaaaaa!! (choro desconsolado) - Mas que é que se passa Vasco? - Mentiste-me!!  - Eu? - Sim!!! Ontem disseste-me "Vamos à feira AMANHÃ". - Exato... E eu cumpro as minhas promessas. - Mas não vamos, pois não? - Porquê? - Porque afinal estamos em (...)
22.07.19

De birra em birra... até à escola!

Ana
Como sabem, durante os meses de inverno e primavera, foi o pai a levar o Vasco à escola.  Devido ao frio e à chuva, eu ficava com o Xavier em casa para ele não se constipar. Quando o Xavi começou a ir à creche, decidimos num momento inicial manter o esquema (ou seja, o pai continuar a levar o Vasco, levando eu o Xavier um pouco mais tarde).  Isto porque Xavier era (e é) amamentado e eu precisava de ter alguns momentos de tranquilidade com ele antes de o levar. Entretanto, o Xavier (...)
23.06.19

Fantástico!

Ana
Sabiam que o Vasco desde que deixou a chupeta,há duas semanas,nunca mais falou do assunto? Nunca mais pediu a chucha e nem se lembra dela. Estou positivamente chocada com a facilidade com que este processo decorreu. Que orgulho no meu menino querido ❤️

Sigam-me também em