Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Julho 16, 2019

O Triângulo Perfeito

Nunca pensei que chegasse tão longe. Com o Vasco, filho mais velho, o aleitamento materno durou até aos 4 meses apenas, por isso pensei que com o Xavier também ficasse por aí.
Mas enganei-me. O Xavier continua a gostar de mamar e não me parece que vá deixar tão cedo. 
Já conseguimos que acorde apenas uma vez durante a noite para "matar o vício" o que para nós é uma grande vitória. 
Parece que não, mas com ele a mamar apenas a meio da noite (em vez de 2 ou 3 vezes como antigamente) já consigo dormir quase 5 horas seguidas. 
Um luxo! 

O Xavi mama ainda ao pequeno-almoço e à noite antes de se deitar. Portanto, num dia normal são 3 vezes. 
Quando está mais doentinho ou aborrecido com alguma coisa, pode eventualmente aumentar a dose como forma de se acalmar e ter um miminho extra, mas a tendência tem sido para ir deixando durante o dia.
Longe vão os meses em que eu tinha que andar sempre a dar de mamar (chegava a ser de 30 em 30 minutos!). 
Foi benéfico para o bebé, sem dúvida, mas muitooooo desgastante.

Agora, as coisas começam a acalmar, mas ainda me sinto muito cansada, como reflexo de tantos meses sem dormir. 
Este ano que passou foi dos mais exigentes da minha vida a nível físico e agora sinto que vou precisar que passe pelo menos mais um ano para me restabelecer do impacto.

Ter dois filhos seguidos é dose. Não me arrependo porque agora estou a colher os frutos e começa a ser muito divertido, mas a verdade é que este último ano foi uma prova à minha capacidade física e mental. 
Estou a precisar de um SPA, de uma massagem, de fazer um check up médico geral (fazia sempre nesta altura do ano e agora não tenho tempo), de fazer umas caminhadas...

E é sempre a adiar...
Para quando?
Falta-me tempo. E sobram-me cabelos brancos...

IMG_2061.JPG

 

Julho 14, 2019

O Triângulo Perfeito

Sim... eu sei o que devem estar a pensar... que o aniversário já foi a semana passada e eu ainda ando a falar do assunto, ah ah!
Podia ter dito tudo num só post, mas sei que os textos compridos são mais difíceis de ler, por isso ando a dar-vos as notícias aos bocadinhos. 
 
Ora vamos lá começar pela decoração da festa! 
 

Este ano não tive tanto tempo para pensar nesta parte, confesso. Para além disso, por opção nossa, acabámos por decidir gastar o dinheiro noutras coisas relacionadas com o evento.
Afinal de contas, a festa é das crianças, não é?  Se pensarmos bem, elas acabam por dar mais valor a um insuflável ou a uma piscina de bolas, do que propriamente à "decoração".

Que interessa aos miúdos se as cores combinam, se há serviços de mesa xpto e jarros com arranjos de flores maravilhosos?Anyway... um dia estava eu na Loja do Chinês aqui ao pé do prédio quando vejo umas bandeirolas super fofas para pendurar no recinto. 
"É mesmo isto!", pensei.

 

IMG_2474.JPG

 

Vai daí, foi só ligar à dona Lucinda, da Upsss Cake que é quem nos faz sempre os bolos infantis e todos os salgados das festas (rissóis, panados, croquetes, bolas de carne, etc e ainda algumas sobremesas) pedi-lhe um bolo a fazer pan-dan com as bandeirolas.

 

IMG_2582.JPG

Este bolo estava delicioso! Tinha recheio crocante de ferrero rocher, uma perdição.

Entretanto, já tinha toalhas, talheres, balões e guardanapos da festa dos 3 anos do Vasco. Foi só acrescentar mais uns detalhes e... voilá! Fez-se a decoração do Xavier.

Que acham? Não ficou mal, pois não? 

 IMG_2521.JPG

IMG_2471.JPG

IMG_2472.JPG

 

Encomendamos ainda um suspiro de chocolate, uma tarde de lima e  um red velvet à Cornucópia Doces & Salgados. Estavam ótimos também!!

IMG_2516.JPG

IMG_2519.JPG

 

IMG_2523.JPG

Já a avó Licas ( a quem tínhamos pedido para não fazer nada, pois já "dava" a casa) não resistiu e fez umas pataniscas maravilhosas! De comer e chorar por mais.

Gostava de ter aqui algumas fotografias dessas pataniscas para mostrar, mas sempre que a travessa ia para a mesa... imediatamente uma série de mãos atacavam as pataniscas.
E elas desapareciam a uma velocidade de tremenda!
 
Foi um dia muito divertido. As crianças divertiram-se e os adultos também. A piscina insuflável, embora pequena, foi um sucesso e o insuflável gigante que alugámos à Dalifestas fez as delícias dos pequenotes. 
Tendo isto em conta, não nos arrependemos de não ter investido tanto tempo/dinheiro na decoração. 
Não foi a festa mais "in" do mundo, mas foi certamente uma das que mais sorrisos desenhou.
Para o ano há mais!!
 

Julho 11, 2019

O Triângulo Perfeito

A avó Licas tem um jardim enorme que pede uma piscina a condizer. Infelizmente, este ano não tivemos plafond para uma estrutura maior e acabámos por comprar uma insuflável de tamanho pequeno.
Estávamos um bocado preocupados, sem saber se os miúdos iriam achar piada a uma piscina tão pequena, mas chegámos à conclusão que para os putos, desde que haja água já é uma festa!
Se soubéssemos disso antecipadamente tínhamos era regado toda a gente com a mangueira lá do jardim... e... estava feito!


Brincadeiras na piscina no aniversário do Xavier!
Mais uma diversão num dia em grande!!

Quero rechear a vida dos meus filhos, mas também dos convidados com boas memórias. E às vezes é com coisas simples que se consegue superar o desafio 

IMG_2506.JPG

 

Julho 05, 2019

O Triângulo Perfeito

Que dei à luz mais um filho.
Que renasci como mãe.
Que percebi que o amor de mãe não se divide: multiplica-se!
Que lambi as feridas do parto anterior e curei todas as mágoas que tinham ficado por sarar.
Que me senti mais forte, mais capaz,
dona do meu destino, empoderada...
Que dei inicio a uma nova vida, com trabalho a dobrar, noites sem dormir, mas alegrias a triplicar
Que percebi finalmente a dor e a culpa, e a frustração e a ansiedade.
de não conseguir ter tempo para tudo. Tempo para todos.
A sensação de não ter braços que cheguem para amparar quem de mim precisa. Nem colo que chegue, nem palavras que cheguem para explicar que,
apesar de tudo ter mudado... 
nada mudou.
Faz hoje um ano que nasceu mais um amor na minha vida.
Mais uma razão para amar a vida, para estar aqui. 
Xavier. A outra âncora no meu barco,
Mais uma amarra que não me deixa andar à deriva. 
Por cada filho que nasce fico mais perto de entender isto tudo. 
O ciclo da vida, o sentido de cá estarmos. 
Em cada sorriso de um filho nasce uma explicação. 
E a certeza que o mundo até pode ser um lugar muito estranho, 
mas é tão bom andarmos por cá!

IMG_2322.JPG

 

Sigam-me também em

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D