Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Reserva de Brinquedos

Desde que o tempo começou a aquecer que vou buscar os miúdos à escola, a pé. Deixo o carro perto do infantário (para depois ir lá busca-lo à noite) e faço com os pequenos a travessia da minha cidade. 
A escola deles fica num extremo e a minha casa, na outra ponta. Por isso, ainda passeamos bastante antes de chegar a casa.
O Vasco gosta de cuscar todas as lojas (farta-se de me pedir coisas) e até nas farmácias quer entrar, porque sabe que há uma zona infantil com brinquedos para bebés.
Como já não sei o que lhe dizer quando ele me pede para comprar coisas, e estou farta de lhe dar "negas"... inventei uma estratégia. 
Digo-lhe que as coisas vão ficar "reservadas" na loja e que as vamos buscar no próximo mês se tivermos dinheiro para tal.

Então hoje, algo engraçado aconteceu..

O Vasco olhou para a montra de uma loja de brinquedos e começou logo a dizer "quero isto, isto, isto...".

Antes que eu lhe dissesse que não temos dinheiro para tanto, ele adiantou-se!
Entrou na loja, foi ter com a funcionária e disse-lhe:

- Eu quero aquela escavadora, mas a minha mãe não me vai dar. Por isso, quero que tu tires a escavadora da montra, e a escondas num armário. Ah, e põe-lhe um papel em cima a dizer "Reservado para o Vasco"! 

A senhora da loja ouviu-o falar e fartou-se de rir.
Saiu da loja e foi ter comigo (eu tinha ficado à porta, porque a loja tinha escadas e eu não conseguia subir com o carrinho do Xavier).
- A senhora quer mesmo reservar a escavadora?- disse-me ela- é que o seu filho foi lá dentro dizer para a gente a reservar!

O Vasco ouviu a conversa e ainda acrescentou:
- E não te esqueças de colocar o meu nome, ó senhora da loja. É VASCO. Não é Vasquinho, tá bem?

Digam que lá que o miúdo não é despachado? 

Sigam-me também em

5 comentários

Comentar post