Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Pensamentos matinais

Gosto do sentimento de pertença. Da sensação de que faço parte de um determinado grupo. Da ideia de me enquadrar bem num determinado local onde seja aceite e reconhecida como pessoa.

Todos os dias tomo o pequeno almoço na mesma pastelaria e adoro essa rotina.

A pastelaria não me pertence. Mas eu pertenço à pastelaria. 
Faço parte da sua história, sou uma peça do seu cenário. E isso é agradável.

Quando a funcionária da pastelaria me vê a entrar pergunta- me :

- Vai tomar o costume?

E eu respondo que sim. Mesmo que as vezes não me apeteça o costume.

Porque eu quero que a funcionária se lembre de mim. Quero ser lembrada.

Para além disso gosto de coisas certas e definidas. 
O mundo está cheio de mudanças e imprevistos. O meu dia a dia é uma agitação...

O café com leite e o pão com manteiga dão me uma sensação de tranquilidade. É um ritual fixo e imutável , numa vida em constante movimento.

Sou um bicho complexo mas quero coisas simples. Paz, sentimento de segurança, estabilidade e a certeza de pertencer a algum lugar.

Acho que no fundo todos queremos isso. Ou não?

Sigam-me também em

8 comentários

Comentar post