Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Os gajos e o futebol

depositphotos_107836950-stock-illustration-hand-drawn-cartoon-tv-audience.jpg

 

O meu marido é, por norma, uma pessoa sensível e atenciosa.

Mas como qualquer macho latino, na hora de ver um jogo de futebol importante... transforma-se! :))

 

Como todos sabem, ontem foi jogo de Portugal contra o Irão. E eu tive que ouvir coisas interessantes... Então vamos lá:

 

Episódio 1

Vértice masculino chega a casa e assenta arraiais no sofá.

Vasco começa a chorar porque estava a ver o Panda e não lhe apetece mudar de canal.

Mãe é obrigada a entrar em cena para distrair o miúdo.

 

Enquanto o gajo da casa vê o jogo... mãe entretém o Vasco com desenhos e colagens. (ainda falam de igualdade de género, ksss, ksss...)

Mas Vasco não dá tréguas. Já não lhe apetece desenhar: agora quer ver vídeos de carros no computador. 

Está a pedir montes de atenção e a passar constantemente à frente do televisor, tapando a visão do jogo.

Sentindo-se ignorado, o miúdo chora, faz birra, atira coisas pelo ar...

 

- Tu gostas de futebol? - pergunta subitamente o vértice masculino com ar mansinho.

- Claro que gosto! - respondo eu, sem perceber o rumo da conversa.

- Ah... pensei que não gostasses... - comenta 

- Pois. Mas gosto... E é um jogo da seleção...

- Dava-me jeito que não gostasses, neste momento. - remata o marido. 

- Hã...?

- Sim, é que se não gostasses, podias ir entreter o Vasco enquanto eu vejo o jogo. 

 

Pois.

 

Episódio 2

Vasco está mais entretido, e eu lembro-me que tenho roupa na máquina para estender. 

- Olha - informo - vou estender a roupa que o miúdo agora está sossegadinho.

- Estás a ver?? - refila vértice masculino.

- Estou a ver o quê?

- Eu bem disse que tu não gostavas de futebol! Se gostasses... ficavas aqui comigo a ver o jogo comigo até ao fim. Por isso é que não percebo porque é que ficaste chateada há pouco.

 

Episódio 3

O jogo está no intervalo. 

Vasco aparece na varanda enquanto eu estendo a roupa.

Na brincadeira, meto o puto dentro do cesto da roupa e começo a balouça-lo, levantando o cesto no ar. Yeiiiii!

De repente, ouço um grito:

- Não faças isso!!! - marido entra na varanda com ar assustado.

- Porquê?

- Então... estás grávida de quase 40 semanas e pões-te a levantar pesos??

- Tenho que induzir o parto. Pode ser que isto resulte e comecem finalmente as contrações. 

- Nem penses! Ainda te rebentam as aguas. Neste momento é perigoso!

- Achas? Com 40 semanas é perigoso?

- Não é isso. Quando digo "neste momento" refiro-me a este momento do jogo!  Ainda faltam 45 minutos para acabar... Até lá, mantem-te sossegadinha, ok? Depois disso se quiseres podemos ir dar à luz. Agora não dá jeito.

 

Posto isto, só me resta uma conclusão. Gaja portuguesa que se lembre de começar a parir no meio de um jogo de futebol, está fod@#$.

Que nosso senhor dos partos me proteja...

Sigam-me também em

11 comentários

Comentar post