Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Dom | 11.11.18

O último dia... do resto de uma outra vida

O Triângulo Perfeito

  Faz hoje 3 anos que...


... almocei no restaurante self service habitual, com a madrinha do Vasco e comentei que estava farta de estar grávida.

... passei a tarde a sornar em casa e baldei-me à última consulta pré-natal, porque já estava "farta de ser remexida e não acontecer nada" :)


... tomei um banho de imersão às 20h para ver se o baby ficava com mais vontade sair (foi a última vez que tomei banho de imersão até hoje. Depois do baby nascer nunca mais tive disponibilidade...)


... preparei um jantar delicioso de carne assada com batatas e comi castanhas de sobremesa. Fartei-me de comer, como se não houvesse amanhã, porque era o dia de. S. Martinho e havia que festejar!

 

...  rebentaram as águas enquanto via uma série no sofá (isto pelas 22horas)


... tomei banho de novo, maquilhei-me e fomos para o hospital super entusiasmados, por volta das 11 da noite.

 

O Vasco não nasceu neste dia, mas foi por pouco... :)

Pelas 00h02 do dia 12 de novembro, o nosso menino estava a conhecer este mundo fantástico e louco em que vivemos.


Faz 3 anos que vivi o meu último dia de mulher sem filhos.


Saí de casa como filha, neta e esposa. Mas quando regressei do hospital eu já era outra pessoa: já e
ra MÃE! ❤️❤️

Dia 11 de novembro vai ficar para sempre na minha memória. É o último dia antes da viragem. Não foi o dia em que o Vasco nasceu, mas foi o último dia... antes de tudo mudar.

 

6 comentários

Comentar post