Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O seu bebé vai entrar para a creche? Vou dar-lhe 5 dicas importantes!

Janeiro 30, 2019

O Triângulo Perfeito

IMG_1011.JPG

A entrada do bebé na creche (e, por arrasto, regresso da mãe ao trabalho) pode ser algo tranquilo ou... verdadeiramente desastroso. 

Com base na minha experiência, vou dar 5 dicas para que tudo corra na perfeição!

 

1- Faça a pré-inscrição com a devida antecedência!

Sabe o que é que seria um verdadeiro balde de água fria? Eu digo-lhe... Conhecer a creche dos seus sonhos e não conseguir matricular lá o seu bebé porque... esqueceu-se de fazer a pré-inscrição. 

A maioria das creches vê a sua lotação esgotada vários meses antes da abertura do ano letivo. Por isso... se pretende que o seu filho vá para determinada creche, deve reservar o lugar com pelo menos um ano de antecedência. Mais vale prevenir...

 

2- Não espere pelo dia do seu regresso ao trabalho para levar o bebé à creche.

A adaptação à creche`deverá iniciar-se, de preferência, 15 dias antes do fim da licença de maternidade. Leve o seu filho duas ou três horinhas de cada vez, com esta antecedência, para que este se adapte à dinâmica do infantário.

Se proceder deste modo, vai colher grandes benefícios: no dia em que finalmente regressar ao trabalho, você vai estar relaxada e poderá concentrar-se devidamente nas suas tarefas  (em vez de passar o dia todo a lacrimejar, cheia de ansiedade)

 

3- Organize as coisas do bebé, com carinho e dedicação.

Converse com a educadora do teu filho para saber que materiais deverá levar para a creche. E tente não falhar.

São dois pacotes de fraldas? Então leve dois pacotes de fraldas. É para levar creme para o rosto? Então leve creme para o rosto. São precisas toalhitas? Então toca a comprar!

Entregue tudo na escola, o mais rapidamente possível. Não seja baldas!  Depois não se queixe se o seu filhote chegar a casa com o rabinho todo assado... Sem fraldas... ninguém faz milagres, não é? :)

Também é conveniente  etiquetar o material todo, para não haver trocas de ítens entre bebés. E, já agora, comprar uma mochila toda gira para o bebé levar as suas mudas de roupa. Estas tarefas, para além de divertidas, vão ajuda-la no processo de "mentalização" :)

 

4- Você também existe... organize-se também!

Eu sei que depois de meses e meses com o foco de atenção virado para o bebé, é difícil pensar no regresso ao trabalho. Mas o dia de retomar a sua atividade profissional está mesmo a chegar!

Comece a organizar também as suas coisas para que esta nova etapa seja feliz e tranquila.

É importante conversar com os elementos da sua empresa, para saber antecipadamente como está a situação no seu emprego e que tarefas irá desempenhar.

Está na altura de perder algum tempo ao telefone e/ou revisitar a sua caixa de email para ler e trocar informações. Compre uma agenda, comece devarinho a preparar algumas tarefas... O impacto será muito menor, assim.

Este é também o momento para cuidar um pouco de si. Os últimos meses foram fisica e mentalmente desgastantes e, provavelmente, você não está com o melhor dos aspetos. Faça uma visita à cabeleireira, arranje as unhas, enfim... ponha-se bonita para sair de casa.

Assuma o seu novo "eu-profissional" e vista-se de forma adequada à atividade que vai desempenhar.

 

5- Finalmente... ponha o "coração ao largo"

Vamos deixar-nos de rodeios... O seu bebé vai entrar na creche e é provável que, nos primeiros tempos, ele fique aborrecido e choroso-

Ele vai dormir mal nos primeiros dias, pois não está habituado a tantos ruídos. E como vai dormir mal, também não vai comer grande coisa. Outch!

Apesar de as educadoras a tentarem tranquilizar, quando você for buscar o seu filho, vai notar que ele está cansado e até um pouco tristonho. 

Agora vamos aos factos: há alguma coisa que você possa fazer para mudar esta situação? Não.

Você vai desistir de regressar ao trabalho para ficar com o seu filho em casa? Não. 

Você tem amas ou avós para ficarem com o bebé enquanto vai trabalhar? Se a resposta é novamente "não" então...

...  pela sua sanidade mental, ponha o coração ao largo. Sei que é difícil, mas desapegue-se um pouco. Caso contrário, não vai conseguir relaxar, nem trabalhar direito.

A boa notícia é que, com o passar das semanas, os bebés vão entrando na rotina da creche e as coisas vão ficando mais fáceis. E vai chegar o dia em que você irá buscar um bebé feliz e sorridente.

Custa muito, deixarmos os nossos filhos entregues a outros, mas... se não há mesmo nada a fazer... é preciso aceitar e seguir em frente. 

 

Se seguir estas 5 dicas, a entrada do bebé na creche será pouco traumática e você também conseguirá encarar a nova etapa de modo tranquilo. 

Abraço!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me também em

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D