Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Dom | 25.02.18

O que levar na mala da maternidade?

O Triângulo Perfeito

A mala da maternidade deve estar preparada, no mínimo, a partir das 30 semanas de gestação (não vá acontecer algum imprevisto) ou até menos, quando o bebé ameaça a prematuridade.

 

Saber o que levar na mala é uma questão com que as mães se debatem, à medida que se aproxima a data do parto.

 

Existem ítens básicos a colocar em todas as malas de maternidade.

Contudo, cada hospital tem as suas recomendações/especificações, por isso convém dar uma espreitadela às instruções do hospital onde a mamã decidir ter o bebé.

 

Para facilitar um pouco a consulta, coloco aqui os links para as malas de maternidade recomendadas por alguns hospitais aqui na zona norte:

 

Hospital de S. João: http://portal-chsj.min-saude.pt/uploads/writer_file/document/1523/O_que_levar_para_o_hospital.pdf

 

Casa de Saúde de Guimarães: http://www.ami.com.pt/unidade/menu.php?id=9&cat=15

 

Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde: http://chpvvc.pt/imagens/servicos/sclinicos/obstetricia/Panfleto_-_Enxoval_site.pdf

 

Ordem da Lapa: ponto 7 deste link: http://www.hospitaldalapa.pt/nascer-na-lapa/maternidade/gravidez/guia-da-futura-mae/

 

Grupo Hospital da Trofa (Trofa, Boa de Nova de Matosinhos, etc) - http://www.hospitaldatrofa.pt/apoio-ao-cliente/informacoes-uteis/

 

Hospital da Luz: http://www.hospitaldaluz.pt/guimaraes/pt/servicos-clinicos/maternidade/o-que-trazer-para-a-maternidade/

 

Casa de Saúde da Boavista (procurar o ponto referente a internamento, dentro do link)-  http://www.csaudeboavista.com/maternidade/

 

Hospital dos Lusíadas: https://www.lusiadas.pt/pt/unidades/HospitalPorto/servicosclinicos/Paginas/oquetrazer.aspx

 

 

É preciso ainda ter em atenção que a maioria dos hospitais privados "oferece" as fraldas para os primeiros dias, assim como os primeiros produtos de toillete.

 

Normalmente, vem tudo acondicionado num cestinho, em forma de "cabaz-prenda" para a mamã. Muito fofo! Mas não esquecer que acabamos por pagar esses miminhos de outras formas. Basta pensar no valor dos partos no privado :)

 

Nos hospitais públicos, é preciso normalmente trazer as fraldas de casa. Alguns também já oferecem os primeiro produtos de higiene. 

 

Tudo vai depender muito do hospital escolhido.

 

Algumas coisas acabarão por ficar ao critério da mamã, como a decisão de levar (para si própria) pensos higiénicos ou cuecas tipo tena-pants.

Para quem não sabe ocorrem algumas hemorragias no pós-parto e os pensos normais que usamos durante o período menstrual não são suficientes para estancar o sangue.

 

Não sei se repararam mas na lista acima, aparecem mais hospitais privados que públicos. Não é por eu preferir um em detrimento do outro (até porque no meu caso é o contrário).

Simplesmente, consegui encontrar mais facilmente as listas de maternidade dos hospitais privados, porque estes têm normalmente sites de internet mais bem organizados e detalhados. 

 

Os hospitais públicos também fazem as suas recomendações quanto à mala de maternidade (coloquei alguns na lista acima), mas muitos entregam a lista em formato papel (nas aulas de preparação para o parto) ou enviam por mail à própria grávida.

Encontrei as listas de maternidade de alguns públicos, mas noutros casos vasculhei, vasculhei e não encontrei nada... O nosso SNS precisa de alguns melhoramentos neste campo.

 

Mas não desanimem!

É fácil encontrar estas listas em fóruns como no "demãeparamãe", onde há partilha de informações entre grávidas e mamãs.

Contudo é preciso tomar atenção para ver se essas listas estão atualizadas, pois algumas conversas desse fórum já datam de anos anteriores (2013, 2014, etc) e, por vezes, o teor das listas muda.

 

O importante, penso eu, é levar os ítens mais básicos e essenciais, ou seja, aqueles que aparecem em TODAS as listas de maternidade, independentemente do hospital. 

 

Esses são, julgo eu, aqueles ítens que a mãe NÃO DEVE mesmo esquecer :))

 

Espero ter ajudado com este post!

Se quiserem posso atualizar a lista com hospitais das vossas zonas de residência. Acham boa ideia? :)

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post