Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O melhor... para o melhor pai

O Facebook encheu-se ontem de dedicatórias bonitas escritas pelas pessoas aos seus pais. Também eu, em tempos idos, fazia questão de escrever algo poético e sentido. Mas... nessa altura não tinha dois filhotes pequenos cheios de energia, a preencherem totalmente o meu dia-a-dia. Nem estava completamente exausta devido à privação de sono (durmo cerca de 4 a 5 horas por dia)... Se gostava de ter tido tempo e cabeça para escrever um texto? Claro que sim! E sei que o meu pai iria adorar. Mas para escrever algo verdadeiramente espetacular, precisava de ter um momento de tranquilidade no qual a inspiração surgisse. Não gosto de escrever sobre pressão. Entretanto pensei... Por que havemos de ser escravos de imagens icónicas e posts no facebook?! Haverão certamente outras formas de demonstrarmos o nosso carinho! Há uma coisa que o meu pai ainda adora mais do que um texto. Sabem o que é? Momentos felizes em família. Sei que o meu pai se sente realizado quando passa algum tempo rodeado pelos filhos, esposa e netos em ambiente de tranquilidade e harmonia familiar. Por isso... ontem... e já que a cabeça não conseguiu encontrar descanso suficiente para escrever um texto inspirado... decidi oferecer ao meu pai a melhor prenda... UM JANTAR EM MINHA CASA :) Não foi fácil, depois de um dia de trabalho, chegar a casa e operacionalizar tudo para poder receber pessoas. Tinha as camas por fazer, roupa espalhada por todo o lado, loiça na máquina, varanda toda cagada com cocó da nossa gata, a cozinha intransitável... Para além disso... não havia comida feita, ah ah! Eram 18 horas e tive que tomar uma decisão. Ou arrumava a casa e dava-lhe um ar fresh, ou cozinhava. Já não dava tempo pare fazer as duas coisas. Optei por arrumar a casa porque sei que a minha mãe se passa dos carretos quando vê confusão. Posto isto... decidi encomendar comida numa restaurante muito fixe aqui da zona. Limpei, aspirei, pus umas velinhas (dá sempre jeito quando a casa não está assim tãooooo clean), pus a mesa com o melhor serviço, arrumei brinquedos, levei o lixo à rua, dei um jeito à varanda... ... liguei um som ambiente com músicas dos anos 40 (sei que o meu pai adora) e fiquei à espera dos meus convidados! A família chegou (o mano, cunhada e filhos também vieram) e assim se passaram algumas horas de muito convívio e felicidade. Não sei se o meu pai teria preferido um texto poético. Mas esta foi a melhor prenda que nesta fase tão desgastante da minha vida lhe pude dar. Tudo o que fiz, foi com um carinho imenso. Com muito, muito amor para uma pessoa muito especial! ❤️ Oxalá, daqui a muitos anos, os meus filhos sigam o exemplo me ofereçam muitos momentos destes. Não há nada mais importante do que a família. E se eu, quando for velhinha, puder passar muito tempo com os meus filhos e netos... vou sentir-me realizada. Que acham?

Sigam-me também em

2 comentários

Comentar post