Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Sab | 01.12.18

Novas regras no abono de família

O Triângulo Perfeito

Grávidas e recém-mamãs desta blogosfera: fiquem atentas e consultem este site porque as regras do abono de família foram alteradas e jogam a vosso favor. 

Os valores do abono foram revistos a 1 de julho deste ano e a partir dessa data recebe-se uma quantia maior:

Os valores para quem está no 1º, 2º ou 3º escalão são iguais, mas para os pais que se encontram n 4º escalão a coisa melhorou substancialmente passando dos 26,61 mensais para 38,31. Isto, por cada filho. 

Não se esqueçam de preencher a papelada toda. Dá um bocado de trabalho, mas se por acaso forem integrados num destes escalões (tem a ver com os rendimentos do casal) recebem uma quantia que pode ser muito útil para as despesas de saúde, alimentação ou educação dos vossos filhos.

Se ficarem no 3º escalão, por exemplo, ao fim de um ano receberam mais de 1000 euros. Dinheiro que pode ser usado para as vacinas (que são tão caras!), consultas médicas ou até para criarem um fundo para a educação dos vossos filhotes.

As mães grávidas podem ainda solicitar o abono pré-natala partir da 13º semana de gravidez. Vejam no site que indiquei acima, se se enquadram nas especificações. 

Mesmo que a grávida se esqueça de pedir o abono pré-natal (acontece muitas vezes nas mães de primeira viagem, porque é tanta novidade para assimilar que estes assuntos muitas vezes passam ao lado), podem pedir este mesmo abono no prazo de 6 meses após o nascimento do filho. Se o fizerem até ao vosso filho completar 6 meses, depois recebem tudo o que está para trás com retroativos. 

"Fora do período de gravidez, considera-se válido o requerimento do abono de família para crianças e jovens, após o nascimento da criança, desde que este seja apresentado pela mãe, no prazo de 6 meses a contar do mês seguinte ao do nascimento." - informação que retirei do site.

O abono pré-natal e o abono de família podem ser pedidos em simultâneo no mesmo formulário, caso a mãe se tenha esquecido de pedir o abono quando estava grávida. 

Por exemplo: se o vosso filho tem 3 meses e só agora se lembram do subsídio pré-natal, mas também querem pedir o abono de família, podem usar este formulário que dá para as duas coisas. No cabeçalho assinalam com uma cruz os dois campos "Abono de Família para crianças de jovens" e "Abono Pré-Natal".

Espero que estas informações tenham sido úteis. 

Abraço pessoal! :)