Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos...

Junho 18, 2019

O Triângulo Perfeito

Confesso que é uma coisa que mexe um bocado comigo. Afinal de contas, parte-se do princípio que mãe que é mãe tem que saber adormecer os seus rebentos.

Mas eu demoro séculos e séculos a adormecer os meus filhotes quando eles são bebés. E às vezes, mesmo depois de uma hora a tentar todas as estratégias de que me lembro... eles continuam acordados. Torna-se frustrante.
Por isso, quando o pai ou os avós estão presentes, prefiro delegar neles essa tarefa. A verdade é que em menos de 5 minutos eles conseguem pôr o Xavier a dormir.

Já com o Vasco eu tinha este problema. E penso, muito honestamente, que tem a ver com o meu sistema nervoso. Embora não pareça, sou uma pessoa muito ansiosa e stressada.
Quem lida diariamente comigo (colegas de profissão, conhecidos) vê-me como um mar calmo, como uma pessoa pacífica. Mas a verdade é que existe muito vento e ondulação cá dentro 

Os meus nervos passam literalmente para os bebés e eles em vez de dormirem, ficam cada vez mais agitados. Com o Xavier tenho um problema acrescido: é que mal o coloco ao peito, ele procura a mama. Se isso dá jeito em determinadas ocasiões, noutras... nem por isso.

Fico um bocado sentida, quando ouço alguns comentários sobre este assunto. No outro dia, estava num evento e, assim que entreguei o Xavier ao pai (para este o adormecer) ouvi uma pessoa a comentar para a outra:

- Que vergonha... esta é mãe e não sabe adormecer os filhos!
Tudo isto, seguido daquele ar de reprovação de quem sabe muito e é um exemplo de perfeição.

A essas pessoas, quero dizer o seguinte (cof, cof, aqui vai...):

 

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos,
mas fui eu que os sonhei, 
que os desejei ardentemente,
que os concebi com AMOR
com a certeza de que lhes iria dar tudo
e que teriam sempre o melhor de mim.

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos,
mas fui eu que os carreguei no ventre
que aguentei os enjoos, 
as pernas inchadas, o aumento de peso,
o cansaço e as insónias
durante 9 meses.

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos?
Mas fui eu que os pari, 
que fui cortada e cozida,
que fiquei com cicatrizes,
que perdi sangue, que tive dores
que lutei até ao fim
para que nascessem bem.

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos...
mas fui eu que os alimentei,
que lhe dei colo e mais colo,
que os levei ao centro de saúde para as vacinas, 
que lhes dei banho, 
que aguentei a fase das cólicas,
que passei dias e dias sozinha,
sem tempo para tomar banho, comer, 
ou simplesmente, 
respirar.

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos, 
mas vou buscá-los à escola, 
estou presente nas festinhas do colégio,
preparo as mochilas à noite, 
faço a sopa e organizo o jantar,
apanho, estendo e passo a roupa deles,
e ponho mais roupa a lavar.

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos, 
mas conto-lhes histórias antes de dormirem, 
faço brincadeiras com fantoches
e ponho os ursos de pelúcia a falar.
Construo pistas de carros com legos, 
e faço voz de robot. 
Meto sais de cor na banheira
e dou banhos gigantes de espuma,
Vejo desenhos animados até me fartar, 
e canto músicas do panda até enjoar.

Não tenho jeito para adormecer os meus filhos, 
mas não sou por isso menos mãe. 
O todo é muito mais que a soma das partes.
Não sei embalar bebés, 
mas sei ama-los incondicionalmente.

E isso deve valer para alguma coisa...
Ou não?

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me também em

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D