Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Reencontro com os avós

O Triângulo Perfeito, 13.05.20

Durante quase 50 dias cumprimos o isolamento de forma criteriosa. Só saímos para dar uns passeios na floresta ou à volta do prédio e durante esse tempo não houve contacto com ninguém. Nem mesmo da família.

Vasco e Xavier passaram quase dois meses sem contactar com os avós.
Mas já devem ter reparado que nos últimos dias isso mudou.

Devem ter visto pelas fotos desta página e também do instagram que os miúdos têm andado pelo jardim dos avós paternos (e que bem lhes tem sabido). E já sabíamos que do jardim ao contacto oficial... era apenas um pequeno passo.

Foi impossível evitar que os avós tocassem nos netos e vice-versa. Ainda tentámos, mas rapidamente desistimos.

Com os avós maternos o primeiro contacto foi no dia 2 de maio.

Claro que eata opção é discutível... é verdade, que eles podiam passar mais 50 dias sem estar com os avós, mas achámos que já era demais. Estava a ser difícil para todos!

Os dados estatisticos sobre o número de infetados e de mortes nos últimos tempos reforçaram a nossa decisão.
Sabemos que no inverno será provável uma nova vaga de covid e queremos aproveitar pelo menos os meses de verão na companhia dos avós.

Claro que temos medo. Muito medo.

Mas, em conjunto, decidimos que estava na altura de retomar alguma normalidade.
Digo "alguma" porque neste momento os miúdos continuam a não ter contacto com ninguém. Não brincam com amigos, não contactam com os tios, nem com os primos... apenas com os avós.

No dia 18 começa a creche mas nós decidimos que o Xavier para já não vai. Fazemos isto para aumentar a segurança no contacto com o avós.

Vamos saindo do isolamento aos poucos, mas sempre com muito cuidado.

Esta decisão que tomámos foi uma decisão de conjunto, depois de muito diálogo com a família e sentimos que foi o melhor neste momento.

Se daqui a uns tempos tivermos que voltar ao isolamento total.. . Também o faremos certamente. Nada é definitivo...

97211766_1217979995211205_5805654766000275456_o.jpg