Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Sou uma mulher no meio de três homens. Vértices de uma constelação de amor, eles são o meu triângulo perfeito.

Vai tudo a eito

Junho 24, 2018

O Triângulo Perfeito

IMG_20180520_142512 (2).jpg

Ontem, por volta das 3 da manhã, levantei-me de propósito para atacar um pão com ovos mexidos e alface.

O pitéu já estava feito, eram "restos" do lanche. Mas se não estivesse, eu juro que me punha a cozinhar, tal é o meu desejo por certos alimentos.

Antigamente, quando o Vasco deixava comida no prato, eu deitava para o lixo.

Agora fico, tipo cãozinho dócil, à espera que ele termine a refeição e quando vejo que acabou... pego no prato dele e como tudo o que sobrou.

Acho que já disse aqui que ando com uma fome/gula descomunal.

Não há nada que me escape: nem os iogurtes do miúdo, nem as gelatinas, nem os queijos da vaca que ri.

Nada, nada, nada! 

Até latas de milho em conserva eu já comi, tudo de uma vez tipo galinha esfomeada.

Perante este cenário, o meu marido só se ri e abana a cabeça-

Hoje perguntei-lhe:

- Achas que estou muito baleia? Estou a ficar feia, não estou? (pleaseee, mente-me que eu gosto)

Disse-me que não. Que as grávidas são sempre muito bonitas!

Que bom, não é? Sinto-me muito melhor.

Assim já posso comer mais umas bolachas.

Últimos momentos a três

Junho 24, 2018

O Triângulo Perfeito

batizado_vasco-594.jpg

 Estamos a poucos dias de uma grande viragem na nossa vida: o momento em que a nossa família vai passar de 3 para 4 elementos.

Se nos primeiros tempos de gravidez esse momento parecia muito distante, agora já não há como ignorar: as coisas vão mesmo passar a ser diferentes por aqui...

Até agora o Vasco foi filho único, e como tal tinha 300% da nossa atenção e disponibilidade.

Sabemos, contudo, que com a chegada do Xavier, onde antes havia um colo sempre disponível, vai passar a haver um colo partilhado.

O amor vai multiplicar-se, mas há muitas coisas que vão passar a ser divididas. Tenho medo que me faltem mãos, braços, tempo, paciência, disponibilidade...

Todos os amigos que já têm dois filhos nos dizem que as coisas mudam muito. E é por isso que, contrariamente àquilo que me é recomendado (descanso, descanso, descanso...) temos passado os últimos dias numa roda viva! 

É uma espécie de despedida... Há quem faça despedidas de solteiro, nós andamos a fazer a "despedida do triângulo".

Apesar do cansaço e do calor escaldante, faço um esforço (hérculeo, deixem-me que vos diga) para manter algumas rotinas. Continuo a ir levar e buscar Vasco à escola, a levar Vasco ao parque, a fazer programas divertidos com ele.

Já fomos algumas vezes à praia, outras vezes à piscina...

Festas de aniversário, jantares de convívio? Estamos numa fase em que "vamos a todas", ah ah.

Só tenho medo de entrar em trabalho de parto num desses momentos de diversão.

Mas com a vida que levamos ultimamente... é bem provável acontecer...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me também em

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D