Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Um Natal mais Solidário

carta.png

Já aqui falei do meu desejo de um Natal mais espiritual, um Natal mais... solidário. Este ano, decidi passar dos sonhos à ação.

Andei na internet à procura de associações humanitárias a necessitar de ajuda ou até mesmo de campanhas de solidariedade a decorrer neste momento no país. Não foi preciso "googlar" muito para descobrir a campanha "Pai Natal Solidário" promovida pelos CTT. Adorei o conceito e fiquei imediatamente rendida à campanha:

Basicamente, é pedido às crianças pobres ou que se encontram em situações de risco que escrevam uma carta ao pai natal, dizendo quais os presentes que gostariam de receber nesta quadra.

A carta escrita por cada criança fica disponível no site dos CTT podendo ser vista por qualquer cibernauta. Quem quiser apadrinhar a carta, recebe um código e, no prazo máximo de três dias, deverá entregar o presente (mais o código) nos CTT.

Simples, não é? Difícil foi escolher a carta para apadrinhar!

Já fui ao meu mail e já recebi o código :) Agora tenho 3 dias para encontrar uma "cozinha de brincar completa".

(adorei a sinceridade, na parte do "completa"- tipo, vejam lá se não aldrabam na minha prenda!)

Mas... isto não chega. Quero também envolver a minha família neste assunto. Quero que a solidariedade assente arraiais lá em casa. 

Assim, estou a pensar colocar uma caixinha de ofertas junto ao pinheiro. Quem quiser (e apenas quem quiser) poderá lá deixar um contributo (monetário, entenda-se) para ajudar no financiamento do brinquedo que vou oferecer. Vou também dedicar algum tempo para explicar às crianças da minha família, que nem todos os meninos têm possibilidades económicas para comprar presentes. Alguns, nem para roupa têm dinheiro... o que fará brinquedos. 

Espero que a minha ideia seja bem recebida. Espero também que o meu sonho de um Natal mais solidário, se torne um sonho coletivo e não apenas um desejo individual. :)