Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Um equívoco engraçado

O Vasco tem, no nosso escritório, uma gaveta só para ele. 

É uma gaveta cheia de tralha, a abarrotar com aquelas coisas de que já não precisamos e que vamos acumulando dentro de casa.

A gaveta foi cuidadosamente estudada para não ter lá dentro nada de cortante ou de perigoso, por isso sentimo-nos à vontade quando ele vai para lá mexer. É capaz de ficar bastante tempo entretido com os objetos que vai encontrando na gaveta.

Hoje de manhã estava a arrumar umas coisas no escritório e o Vasco estava brincar com a tralha da gaveta. 

Estava de costas para ele a arrumar uma estante, quando de repente o ouço dizer:

- Estou? Vovó?

Achei estranho porque os telemóveis dos vértices adultos estão na sala. Mas continuo a arrumar a estante.

Ele continua...

- Está lá? Allô!!

Volto-me para ver melhor o que é que ele está a fazer e não consigo evitar um sorriso!

O meu filhote está "falar ao telefone" com um disco externo antigo (inutilizado por estar cheio de vírus) encostado à orelha.

- Estou? Vovó?

De novo o silêncio. Vira-se para mim e diz:

- Num tá... a vovó num tá...

Pensei em explicar-lhe o equívoco, e dizer-lhe que aquilo não era um telefone.

Mas achei a situação tão fofa  que o deixei ficar mais um bocado a falar para o disco externo. 

Acabei por lhe dizer que o "verdadeiro" telefone estava na sala. 

- Xim... ête está estagado.... - respondeu-me com ar desiludido

E lá foi para a sala, com ar pesaroso e ainda pouco convencido de que o disco não era um telefone. 

 

5 comentários

Comentar post