Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Se não der para mais nada, dá para empregado de mesa

Ontem estive com o Vasco a brincar aos restaurantes. É o que faço quando vejo que está com pouco apetite. Recuso-me a deixa-lo ir para a escola sem pequeno-almoço.

 

Vamos buscar o urso azul, a ovelha choné, uma boneca... colocamos babetes em todos eles (Vasco incluído) e começamos a distribuir pão e frutinha. 

 

É uma estratégia infalível. Entretido com a brincadeira, o V. vai comendo. E eu vou ficando mais descansada.

Come a porção dele (que está nos pratinhos de brincar), depois vai correndo os pratos das bonecas até morfar tudo, eh eh.

 

Hoje à noite enquanto preparava o jantar comecei a estranhar o silêncio na sala. Toda a gente sabe que o silêncio quando se tem crianças não augura nada de bom, por isso fui espreitar.

 

Deparei-me com um espetáculo amoroso! O meu bebé, de apenas 20 meses, tinha posto a mesa (uma mesa pequenina que temos) para o seus amiguinhos!

 

O urso já lá estava, sentadinho, com uma babete toda torta. Os pratinhos e frigideiras de plástico todos em cima da mesa. O pão de plástico em cima de um deles. 

 

O Vasco estava em pé, com um ovo de plástico na mão. Comprimia o ovo contra a boca do urso e dizia com ar autoritário:

- Papa! Papa urso! 

 

Adorei!! 

Temos empregado de mesa cá em casa. Ou protótipo de mãe. Um quadro lindo de se ver... :)