Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Querido... dei um sumiço ao pinheiro

Diálogo passado ontem, algures entre as 8 e as 9 da noite:

 

Ele (regressando a casa do trabalho e deparando-se com a sala de jantar vazia): Ui, que fizeste ao pinheiro? Desapareceu!

Ela: Olha, decidi desfazê-lo. O Natal já passou e não estava a fazer nada na sala.

Ele: O quê?? Desfizeste o pinheiro??

Ela: Sim. É que hoje ainda por cima era o dia da empregada vir limpar a casa e não dava jeito ter ali aquele mono, percebes? Assim ficou mais fácil para ela aspirar o chão

Ele: Desfizeste o pinheiro para a empregada poder limpar a sala? Mas ainda estamos na quadra natalícia! Ainda vêm aí os Reis... 

Ela: Esquece os Reis. Olha para a sala... não ficou mais airosa?

Ele: Vazia, queres tu dizer! Logo tu, que adoras o Natal. E ainda por cima este ano temos o Vasco! Ele gosta tanto do pinheiro...

Ela: O Vasco estava sempre a tirar bolas do pinheiro. Já para não falar das nossas gatas, sempre a comer os ramos. E eu sempre de cócoras a apanhar os despojos da brincadeira deles. Estou farta. 

Ele: Tu não estás bem! Vou buscar o pinheiro e vou montá-lo outra vez!

Ela: Outra vez não, que da primeira vez fui eu que o montei... tu só puseste os atilhos nas bolas!

Ele: E muito fiz eu! Essa era a parte mais difícil. Está decidido, vou já à arrecadação buscar a árvore. 

Ela: Ooooppsss... ah... não podes... deitei fora o pinheiro. Estava velho e gasto. Já não tinha classe para a nossa sala. 

Ele: Velho??? Mas este pinheiro tem para aí seis anos no máximo!

Ela: Pois, mas meu querido, anos de pinheiro é tipo anos de cão, tens que multiplicar sempre por sete. A meu ver o nosso pinheiro já estava muito idoso. Deve ter para aí, ora deixa ver, 6x7...

Ele: Tu picas-te... Coitado do Vasquito... agora já não tem o pinheiro para brincar...

Ela: Brinca para o ano! Para o ano vai ter um pinheiro novo! 

Ele: Nem vou comentar....

Ela: E bolas novas... um comboio à volta... neve artifcial... Mas só para o ano. Que este ano já chega de confusão na sala. A empregada diz que agora está muito melhor.