Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Percebes que a vida depois dos filhos nunca mais será a mesma quando...

...este é o aspeto final da tua sala depois de um fim de semana inteiro com um bebé dentro de casa:

 

16121594_1305699396119935_1023552362_o (1).jpg

 

O que vale é que já estou em contagem decrescente para a arrumação deste caos...

 

Pelas minhas contas e, segundo os horários de sono do Vasco, faltará cerca de meia hora para a limpeza do cenário de guerra.

 

Satisfaço-me apenas com este pensamento: se a casa fosse assaltada neste momento, bastava apagar as luzes e esperar que os ladrões tropeçassem num dos muitos obstáculos da sala. 

 

Seria uma versão do "Sozinho em Casa", com os assaltantes a ferir os pés e as mãos em legos, cubos, bonecos que chiam (muito assustador) e toda uma série de objetos perigosos para quem vai desprevenido. Aposto que os ladrões fugiam logo. 

 

Venho de uma família de maníacos e obcecados pelas limpezas. Por isso, esta desarrumação faz-me cá uma confusão mental! Saudades da minha casa arrumadinha!

 

 

Agora, por mais que arrume, sinto que só consigo tocar na "ponta do véu". Está sempre tudo a meio caminho entre o semi-limpo e a desordem total. 

 

Por vezes a vontade que dá é simplesmente não arrumar nada. Afinal de contas, amanhã vai estar igual outra vez. Vasquinho vamos ter que começar a impor regras por estes lados...

 

Estou cansada. Não sei se vou arrumar tudo. Acho que vou só procurar os comandos da TV e abrir caminho até ao sofá. Vou descansar. . 

 

Mas...

 

... antes vou só à cozinha bucar ajax porque o comando tem manchas de sopa.

... e vou arrumar o carrinho que tapa a vista para a TV.

... e meter os brinquedos no cesto para as gatas não fazerem barulho de noite a brincar com eles.

... se calhar é melhor puxar a cadeira da papa para trás que me mete confusão não ver para a porta. 

 

E depois vou. A sério que depois vou estender-me no sofá. 

Depois.