Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O cão, o cágado e a importância dos nomes

IE 41 (21).jpg

 

Tenho uma amiga que adora animais e faz de tudo para os ajudar. Ele é gatinhos, ele é cachorros, passarinhos, afins. Todos eles são objeto do seu fascínio e adoração. 

 

Lembro-me de algumas histórias que a C. me vai contando sobre os bichinhos.

 

De como uma vez acolheu um gato abandonado e, passado uns dias, já tinha seis crias no seu quintal, porque os outros da ninhada resolveram "vir atrás".

 

De como encontrou um cão, vítima de atropelamento, e cuidou dele até ao fim, mesmo sabendo que ele não tinha salvação.

 

De como encontrou outro cão, cheio de carraças e o levou para casa, desparasitou, arrancou as ditas cujas e não descansou até lhe encontrar dono. 

 

Mas a história que vou contar é uma história feliz. É a história de um cão que a minha amiga encontrou numa estrada perto de Braga. 

 

Portanto, basicamente, a minha amiga tinha o carro estacionado junto a um passeio. Ela faz as compras, regressa ao carro, abre a porta, senta-se no lugar do condutor, vira-se para o lugar do pendura para pousar a carteira e... pum! De repente, sente alguma coisa pesada a "assapar-lhe" em cima das pernas. 

 

Era um cão vadio. Um cão que tinha tanta vontade ser adotado que entrou pelo carro dentro e saltou diretamente para o colo dela! 

Claro que a minha amiga, nem hesitou. Viu-lhe a coleira, percebeu pelo seu estado que o cão não tinha para onde ir e... záz, lá vai mais um cão para casa dela. 

 

Agora... como é que se chama o cão? 

 

O cão chama-se... Serração!!

 

A sério... eu nunca vi um nome de cão tão estranho, mas ao mesmo tempo tão engraçado.

A minha amiga justifica que o cão se chama assim, porque ela tinha o carro estacionado em frente a uma carpintaria, uma serração. Daí, o nome. 

 

Eu não consigo evitar de rir, sempre que ela me conta qualquer coisa sobre o "Serração" (que entretanto, já está cheio de saúde e continua a viver em casa dela).

 

Quando ela começa a falar... "Sabes, o Serração fez isto, blá, blá..." ainda não acabou a frase e eu já me estou a rir. Não consigo parar de rir, quando ouço aquele nome tão inusitado. 

 

Mesmo que a história não seja muito alegre ("Acreditas que o Serração, roeu o chinelo da minha mãe?...") eu continuo a sorrir, porque a minha mente paralisa no momento em que ouço o nome do cachorro :))

 

Ás vezes, penso como se chamaria o cão se tivesse sido encontrado noutro local:

 

Poderia chamar-se "Talho", "Frutaria Peixoto", "Bar da Praia", "PSP", "Rua Miguel Martins, n.º 234", "Pingo doce"...  

 

... ou até mesmo "Aterro sanitário", "Portagem", "Estrada Nacional 125"...

 

Não. Posto isto, acho que Serração até é um bom nome. 

O cão teve sorte. 

 

Brevemente, o Vasco vai ter um cágado. Já está encomendado na loja e vamos busca-lo a qualquer instante. 

 

Eu não sei que nome vamos dar ao bicinho, mas quero que seja um nome assim. Um nome que nos faça sorrir, sorrir, sorrir. 

Um nome que seja tão feliz e importante que fiquemos com covinhas na bochecha só de pensar nele :))

 

Sugestões?

9 comentários

Comentar post