Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Fomos ao oftalmologista

O pai vê bem, mas a mãe é pitosga e um bocado estrábica (embora disfarçe com lentes de contacto e um charme cativante...). 

Por isso, não fosse dar-se o caso de o filho sair mais à mãe que ao pai, ontem fomos ao médico dos olhos. 

Desde pequeno que temos a sensação que o Vasco desvia um pouco o olho esquerdo. É uma coisinha mínima, e não é permanente. Ou seja, às vezes troca o olho, outras vezes não troca. 

E com essa alternância, vai-nos trocando as voltas também.

O médico analisou o Vasco e disse que à partida ele não tinha nada. Que o estrabismo era muito residual e parecia não ser algo de preocupante. Até porque ele tem apenas 20 meses e o próprio olho ainda se está a desenvolver. 

Ainda assim, receitou-nos umas gotinhas para colocarmos no olho dele durante quatro dias (como os bebés não conseguem fazer os exames de visão normais, têm que por essas gotas para o médico ver melhor a pupila) e disse-nos para voltarmos lá no fim do tratamento. 

Como é um médico muito conceituado na minha cidade só conseguimos a segunda consulta para o mês de novembro. Nessa altura, o Vasco terá 2 anos feitos e o diagnóstico será ainda mais preciso. 

O médico disse para não nos preocuparmos com a demora da consulta porque lhe parecia mesmo que o Vasco "não tinha nada". 

Aguardam-se cenas dos próximos capítulos! 

8 comentários

Comentar post