Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Banho depois do jantar: sim ou não?

IMG_0839.JPG

 

Desde setembro que tem sido assim: ao final da tarde vou buscar o Vasco à creche, vamos ao parque infantil (ou diretos para casa se estiver frio), mas assim que chegamos ao aconchego do lar (como ele vem sujo e transpirado) dou-lhe logo um banhinho.

Depois disso, brinco um bocadinho com ele e por volta das 19:30 (mais coisa, menos coisa) dou-lhe o jantar. 

O problema desta rotina é que o Vasco suja-me imenso à hora do jantar. Para além de detestar sopa (é um castigo) e de já estar cheio de sono (sono= birras sem limite), agora descobriu que gosta de brincar com a comida! É arroz, massa, carne, cenoura e afins a saltarem para todo o lado. A roupa dele fica num estado lastimável, para não falar da cara, das mãos e dos braços, cheios de comida. 

 

(O pediatra disse-nos que nesta fase é conveniente deixar os bebés mexerem na comida, cheirarem, tocarem e experimentarem as várias texturas dos alimentos, por isso, embora a minha cozinha fique um caos, em nome de um "bem maior"... lá vou deixando...)

 

Depois do jantar, lavo-lhe a carinha e as mãos, mas parece que o cheiro a sopa fica entranhado :( 

Para além disso, por muito que o limpe acho que ficam sempre uns pedacitos de arroz aqui e ali. E faz-me imensa impressão deita-lo na caminha com lençois cheirosos e lavados, com ele a cheirar a massa e a legumes. 

Tudo isto acontece porque eu sempre segui a regra do "não dar banho logo após as refeições".

A verdade é que, culturalmente, fomos ensinados a "esperar algumas horas depois de comer", para evitar "paragens de digestão". 

Eu não espero 3 horas para dar banho ao Vasco, como era quase imposto antigamente, mas sempre aguardei pelo menos hora e meia. Nunca me passou pela cabeça dar-lhe banho a seguir à refeição... Até que, há uns dias, estava eu no café, quando ouvi duas amigas a comentarem que davam banho aos respetivos filhos após o jantar. 

Fiquei um pouco chocada, mas acima de tudo fiquei curiosa. Resolvi informar-me e pesquisar em vários sites. Conversei, inclusivamente, com duas colegas minhas que são enfermeiras, para ouvir a sua opinião. 

Depois de muito me informar concluí que SIM, é possível dar banho após as refeições, desde que a temperatura da água seja  quuentinha, isto é, semelhante à temperatura interna do corpo. O que provoca as paragens de digestão não é a água em si, mas o choque térmico que poderá ocorrer se essa água estiver demasiado fria. 

Durante a digestão, o sangue aflui com mais intensidade para a zona do sistema digestivo. Se a água estiver fria, o sangue terá que se deslocar para outras regiões do corpo (para as aquecer), levando a uma paragem na digestão.

Depois de colocar a questão "Dás banho ao teu filho depois do jantar" às minhas amigas, descobri que 50% delas o faziam, sem terem tido até agora qualquer problema. 

Não posso negar que esta seria a solução para o meu problema... Imaginar o Vasco fofinho e cheiroso (e relaxado do banhinho) a deitar-se nos lençóis é um sonho bom demais. E agora, que faço? 

 

E vocês, como fazem em relação ao banho? Concordam que se pode dar depois do banho? Fico à espera das vossas opiniões!