Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

O Triângulo Perfeito

Um blogue de pessoas imperfeitas. A viver num triângulo perfeito.

Amamentar: os desafios da livre demanda

(bebé de 10 semanas pais cansados, diálogo sobre a teoria da "livre demanda")

 

Ela - Olha, ele já dorme! Está com um ar tão fofo. Adormeceu a mamar no peito, devia ter mesmo fome...

Ele - Pois devia... há quanto tempo não lhe davas de mamar?

Ela: Tinha-lhe dado de mamar há três quartos de hora.... E antes disso tinha dado de mamar uma hora antes. De manhã até lhe dei de mamar com intervalos de meia hora. Vou-te contar!! Esta história da "livre demanda" está a pôr-me louca!

Ele: Como assim?

Ela: Então não te lembras do que disse o pediatra? Agora temos que dar de mamar sempre que o bebé pede. Aquela coisa de amamentar de 3 em 3 horas, hoje em dia já não se usa... Os especialistas chegaram à conclusão que o bebé se desenvolve melhor se beber leite à hora que quiser. 

Ele: Será verdade?

Ela: Não sei. Só sei que estou tão cansada... Houve um dia desta semana que estava tão farta de andar sempre a vestir e despir a camisola que... sabes o que é que eu fiz? Desisti!

Ele: Desististe de dar de mamar??

Ela: Não... desisti de vestir a camisola. Andei a tarde toda despida do tronco para cima. Poupei esse trabalho, pelo menos...

Ele: A sério?? Em que dia é que isso foi? Andaste despida? E eu a trabalhar todo o dia como um escravo... Não acredito que não estava em casa para ver esse espetáculo...

Ela: Foi na terça-feira... E eu não acredito que passe os meus dias a amamentar, Sinto-me uma vaca leiteira.

Ele: Espera, espera... não estás a ouvir um barulho? Acho que é ele... Ahhhh.... Acordou!...

Ela: Se calhar tem frio.

Ele: Se calhar tem calor.

Ela: Se calhar está desconfortável, pareceu-me que tinha a cabecinha torta.

Ele: Se calhar... não te zangues, mas... não terá ele fome? Será que mamou bem nesta última vez? Não era melhor ires dar de mamar outra vez?

Ela: Outra vez??  Mas eu não faço mais nada na vida...

Ele: Vai lá. É bom para o miúdo... Olha, e já agora, depois de ele mamar, deixa-te ficar "ao natural".

Ela: Como assim?

Ele: Olha, assim como estavas na terça feira... É como tu dizes, daqui a bocado ele vai querer mamar outra vez e assim poupas o trabalho. É isso, faz de conta que é terça-feira...

 

Nota da autora- A livre demanda é uma perspetiva que a nossa família apoia e que continuaremos a utilizar no futuro, sobretudo nos primeiros meses de vida no bebé. O diálogo que acima recordei, não pretende dissuadir ninguém: serve apenas para ilustrar algumas das dificuldades/desafios que encontrei durante a utilização deste método :)

 

dia e noite.jpg